O choro pode durar uma noite…e durou

By: Allan Souza

Falaaa Nação do Urubu

Parece que agora o carioca está começando novamente. Depois de uma longa jornada sonolenta, polêmica e chata, estamos na parte que interessa! Queria começar dizendo para o Vasco a seguinte afirmação que é citada na Bíblia: “ O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem ao amanhecer”. Será que virá mesmo? Vamos descobrir mais a frente. Guardemos para o final.

O Vasco que vinha sendo o pior carioca na taça rio conseguiu se recuperar, depois da demissão do Wagner Mancini. Disso todos já sabemos. Que o Flamengo era favorito, disso todos já sabíamos. Que ocorreriam erros de arbitragem, todos já sabíamos? Não tem como falar dessa semifinal da Taça Rio sem falar primeiro em erros de arbitragem. No jogo de sábado o Botafogo se classificou com um gol irregular. Fluminense jogou melhor, foi mais ofensivo, enfim, foi mais completo que o Botafogo. Mas queria o destino que não se classificasse, e ainda mais sendo eliminado com um gol irregular. Erros de arbitragem acontecem, é claro. Mas seguidos erros de arbitragem já é exagero. E o que a COAFRJ(Comissão de Arbitragem de Futebol do Rio de Janeiro) está fazendo a esse respeito? Precisamos cobrar árbitros mais preparados tanto fisicamente quando psicologicamente e também, e principalmente,  parte técnica. Árbitros não podem influenciar em resultados de partidas de futebol. O que tem que influenciar é o “Futebol Arte” é a estratégia, a garra, a determinação, a vontade, a gana…Mas o futebol no RJ parece uma bagunça não é mesmo? E isso só mudará quando pessoas sérias estiverem como líderes.

Vamos ao que interessa…

 Artilheiro do Amor, Wagner Love                                                             Flamengo e Vasco fizeram um confronto estranho. Vasco possuía 65% da posse da bola e o Flamengo 35%. O Vasco dominava o jogo mas não conseguia transformar essa posse de bola em jogadas perigosas e principalmente em gols. Temos que dar méritos a quem merece e nesse jogo o trio de volantes escalados por Andrade não decepcionou. Maldonado, Toró e Willians. Esses foram alguns dos responsáveis pelo combate a Phillipe Coutinho(Craque), Dodô e Elton. Como dito anteriormente foi um jogo estranho, pois, o Flamengo que levava mais perigo ao gol do Vasco. No começo o Vasco até marcou, mas o gol foi anulado corretamente. Elton empurrou Juan no cruzamento, depois de uma falha de Léo Moura no lado direito, perdendo a bola para Márcio Careca. Léo Moura por sinal, que não começou bem a partida…outra coisa estranha.

Rio, 11/04/2010, Flamengo x Vasco O primeiro gol saiu de uma roubada de bola de Willians que tocou para Michael adiantar para Bruno Mezenga que com um passe “a lá PET”, deixou Love na cara de Fernando Prass que só teve o trabalho de driblar o arqueiro “Cruz Templário” e com um toque lindo na bola guardar lá dentro. A torcida Rubro-Negra, antes meio apreensiva com o gol anulado de Elton, começou a fazer a festa, como eles mesmos cantam. Mas o domínio continuava do Vasco e em uma jogada de escanteio pelo lado esquerdo, aos 31, depois de tanta posse de bola, gol do Vasco. Parecia que a pressão iria começar…mas terminou…o 1º tempo, sem grande pressão.

No segundo tempo as equipes melhoraram. O Vasco voltou mais objetivo e o Flamengo equilibrando mais a posse de bola. Mas mesmo assim o Vasco ainda dominava e o Flamengo chegava com algum certo perigo. A jogada mais bonita foi uma arrancada de Léo Moura finalizando lindamente para a também linda defesa de Fernando Prass. O técnico Gaúcho resolveu colocar Carlos Alberto para melhorar o setor de criação da equipe, pois, Phillipe Coutinho não estava fazendo uma atuação tão boa. E o Vasco depende da criatividade deste jogador para as jogadas ofensivas. Mas quem saiu para a entrada de Carlos Alberto foi o apagado, Dodô. Carlos Alberto até tentou, mas parece estar sem ritmo de jogo e meio pesado. E em outra jogada de Léo Moura, aos 26, o jogador foi derrubado e o árbitro, corretamente, marcou o pênalti. Léo Moura foi empurrado claramente e dessa vez o árbitro acertou. O lance é polêmico, mas sem clubismo…foi PENALTI! Love Bateu e fez. No placar 2×1 e zoação por parte da torcida do Flamengo.

 Phillipe Coutinho  Vs Léo Moura                                                                                  Agora começam as muitas discussões que certamente ficarão por toda a semana. Em um carrinho totalmente na bola, Juan toma o segundo amarelo e injustamente vai para o chuveiro mais cedo. Os jogadores reclamaram, mas decisão de árbitro dificilmente volta atrás. Flamengo com 1 a menos. Logo em seguida, foi a vez de Magno entrar no lugar de Coutinho. Não adiantou muita coisa.

Agora outro lance polêmico. Bola cruzada na área Willians pula meio desengonçado e coloca a mão na bola. Intencional? Na minha opnião, sim. Pênalti claro não marcado para o Vasco. E ainda sobrou tempo. Thiago Martinelli foi expulso justamente por agarrar e impedir Love de prosseguir em direção ao gol.  Termina o jogo e os jogadores do Vasco saem indignados, por parte, justamente.

Mas analisemos secamente e friamente: Será que o choro do Vasco é justificado? Na minha opnião, não. O juiz errou em vários lances da partida. Contra e a favor do Flamengo. Da mesma forma com o Vasco. O Flamengo também poderia reclamar, por que afinal de contas, fica sem um jogador importante para a final da Taça Rio contra o Botafogo. Jogador expulso que não era pra ser expulso e pênalti(que não é gol) não marcado para o Vasco. Juiz errou para ambas as partes. Fim de papo! Chega de chororô e mela-mela.

Sobre a frase retirada da Bíblia, citada lá em cima:“ O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem ao amanhecer”, falei que iria analisar se a alegria do Vasco viria realmente ao amanhecer. Mas acho que não virá. A mídia tentará de qualquer forma estabelecer uma CRISE na Colina. Crise essa que eu coloco aqui como pressão por vitórias. Pois o Vasco é grande e tem que se comportar como tal. O time não vem bem na Copa do Brasil e agora eliminado na semifinal da Taça Rio. Sem contar que não ganha um estadual há 7 anos, desde 2003. É muito pouco para um clube de muitas glórias no RJ. Falo isso sem clubismo. Falaria a mesma coisa se fosse qualquer outro do RJ. Vamos ver como será essa semana para o Vasco que não disputará mais uma vez uma final de Taça Rio e, consequentemente, de estadual.

Faz parte do Futebol…

A torcida do Flamengo sempre se destaca em zoar ao que eles chamam de ETERNO FREGUÊS. Nesse domingo não foi algo estranho, definitivamente não.

Só me basta repetir o canto da NAÇÃO: ♪ Ohhh o meu FREGUÊS voltoooou…O meu FREGUÊS voltooou…O meu FREGUÊS voltoooooooouu ♪

 

Caderno de Anotações

Melhores em campo Flamengo: Wágner Love, Leonardo Moura e Willians.

Piores em campo Flamengo: Juan e Michael.

Se destacaram pelo Vasco: Léo Gago, Souza e Phillipe Coutinho(apesar de não jogar tão bem, chutou uma bola na trave e incomodou pelo lado direito).

Público e renda: 24.299 pagantes (32.442 presentes) Renda: R$ 774.920

0 Responses to “O choro pode durar uma noite…e durou”



  1. Leave a Comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s




Calendário

April 2010
M T W T F S S
« Mar   May »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Visitações

  • 13,386

%d bloggers like this: